segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Calma

Justo lembrar: a voz humana
está carregada de vibrações.

Esforça-te por evitar os gritos
intempestivos e inoportunos.

Uma exclamação tonitruante
equivale a uma pedrada mental.

Se alguém te dirige a palavra em tom muito alto,
faze-lhe o obséquio de responder em tom mais baixo.

Os nervos dos outros são iguais aos teus:
Desequilibram-se facilmente.

Discussão sem proveito é
desperdício de forças.

Não te digas sofrendo
esgotamento e fadiga para poder lançar frases
tempestuosas e ofensivas;

Aqueles que se encontram
realmente cansados procuram repouso e silêncio.

Se te sentes à beira da irritação
estás doente e o doente exige remédio.

Barulho verbal apenas complica.
Pensa nisso: a tua voz é o teu retrato sonoro.


Emmanuel - extraído do livro Calma, Chico Xavier